Tá na vida da Ana Cañas!

Depois do bem sucedido Coração Inevitável, Ana Cañas traz a que poderia ser igual a qualquer outra música clichê da atual MPB, se não fosse uma parceria dela com Lúcio Maia (Jackson Bandeira – guitarrista da banda Nação Zumbi) e Arnaldo Antunes (que dispensa comentários).

“Tô Na Vida”, single que tem a missão de nos apresentar esse novo trabalho da paulista e dá nome ao quarto álbum da cantora (ainda sem data de lançamento divulgada), acaba de ser lançado nas plataformas digitais.

Na primeira vez em que a escutamos, soa como mais um música tema dos casais apaixonados das novelas globais, mas logo, a mesma se torna mais um grande hit que irá embalar os casais fora da telinha (ou telona). A dedicação e talento da Ana acabam sobressaindo e nos mostram mais um trabalho visceral da cantora, que abre a canção com o verso: “Eu fiz besteira não tem desculpa, vai ser pior se eu explicar…”.

Apesar de soar arrependida por ter cometido um erro e ter admitido até ter quebrado os copos e também os prato (na letra da música), Cañas admitiu estar “felizona” com o som novo, em sua página no Facebook, e agradeceu às parcerias que vão desde Arnaldo Antunes – com quem ela já trabalhou em seus trabalhos anteriores, inclusive no disco Hein? – até Rafael Cañas, fotógrafo e irmão da cantora, que se responsabilizou pela arte do single.

Outra curiosidade (antes de deixarmos vocês se deliciarem com o som), é que o músico Marcelo Jeneci  (“…você vai rir, sem perceber, felicidade é só questão de ser…”) não canta, mas toca hammond na música.  E como disse a Ana, ela recebeu contribuições de “talentos ímpares-ninjas e queridíssimos afins!”. Chega de blábláblá e (peguem os lenços, taça, vinho…) inspirem-se com a música:

Resultado: 70/100

Tagged with: