Álbum: Ella Eyre – Feline

Ah… A adorável Ella Eyre! Seu único #1 no Reino Unido não é exatamente seu: faz participação em Waiting All Night do Rudimental, em 2013. A música ganhou o prêmio de single britânico do ano no BRIT Awards de 2014. Seu outro top 5 é outra parceria: Gravity, com DJ Fresh, que foi #4 no Reino Unido.

Quanto às suas próprias canções, Ella tem encontrado dificuldade de emplacar um top 10 no UK. Três dos singles lançados até agora foram top 20: If I Go (#16), Comeback (#12) e Together (#12). Sinceramente não entendemos o porquê! Esse povo britânico é estranho mesmo viu…

O refrão contagiante de Good Times deixa evidente à que Ella veio: “I think I’m onto something. I feel the good times coming” (Acho que estou a fim de algo. Sinto os bons momentos vindo). A vingativa e instigadora Comeback é um dos pontos altos do disco e tem um quê de Kelly Clarkson + Pink + uma pitada de R&B. A malandra Deeper é uma delícia e te faz querer sair rebolando por aí. A baladinha Even If  parece que vai quebrar um pouco a animação, mas se encaixa perfeitamente na sequência das faixas e é seguida pela angustiante, porém contemplável All About You na qual Eyre diz “Doesn’t matter who I am, Doesn’t matter what I do. It’s all about you” (Não importa quem eu sou. Não importa o que eu faço. É tudo sobre você).

No geral as letras não sobre individualidade. Muito pelo contrário. Em várias há a preocupação em não soar muito auto-centrada ou até mesmo egoísta. Com uma exceção notória: a faixa Typical Me.

Algum desavisado/desinteressado que não presta atenção nas letras poderia facilmente dizer que algumas músicas são as mesmas: batidas parecidas e mesma sonoridade. E essa pessoa não estaria errada. Talvez por isso Ella Eyre esteja tendo sucessos moderados com seus singles solo. Mas talvez a faixa que abre o disco, Together, no pré-refrão expressa perfeitamente o que as faixas desse disco representam: “We are more together” (Somos mais juntos). O conjunto da obra aqui é um ótimo esforço R&B/Dance/Pop.

Numa época em que Years and Years, Jess Glynne  e afins dominam as paradas, Ella pode sofrer um pouco pra se posicionar e criar uma identidade própria. No entanto, enquanto ela se esforça para tal, nós apreciamos seu álbum de estréia.

Veredicto: 70/100

Faixas que você tem que escutar senão estará perdendo tempo de vida: “If I Go”“Comeback”“All About You”, “Typical Me”.