Cinco álbuns de covers que você deve ouvir JÁ!

Preparamos uma listinha magnífica de álbuns que você deve parar para ouvir já!
Clássicos revisitados por grandes vozes, versões novas em vozes potentes.

Uma listinha para você salvar aí na sua playlist e ter seu tema pra essa semana pós-feriado.

Ryan Adams – 1989

Ex vocalista de uma banda punk, a Patty Duke Syndrome, o cantor e compositor Ryan Adams ainda é pouco conhecido pelo grande público. Com mais de 15 anos de carreira soube se reinventar e surpreender, quando em 2015 anunciou que regravaria o álbum 1989 de Taylor Swift, que por sua vez é o maior sucesso do ano.

O que tem de inusitado tem de ótimo. É como um outro ponto de vista de um álbum que tem tudo para se tornar um clássico da música pop lá na frente.

spotify:album:6WCWxMMBOvsAQl1SLUTMup

Rebecca Ferguson – Lady Sings The Blues

Outra grata surpresa de 2015, desta vez de um verdadeiro e grande clássico. A inglesa Rebecca Ferguson, anunciou que iria revisitar o clássico Lady Sings The Blues que fará 60 anos de lançado ano que vem.

spotify:album:6ZdKc2ZMEQnhPCjB2NL2ys

anastacia – it’s a man’s world

No final de 2009 a americana Anastacia lançava o It’s a Man’s World que consistia em um propósito: reunir em um único álbum versões próprias de clássicos do rock cantados apenas por homens.

E deu muito certo. A voz incrível de Anastacia se encaixou perfeitamente nas novas versões de clássicos de Led Zeppelin, Foo Fighters, AC/DC e Metallica por exemplo.

spotify:album:1LyW7No1xrocK1bo9EgxFl

MAcy Gray – covered

Uma das maiores divas do Soul/R&B, a americana Macy Gray lançava em 2012 o álbum Covered.

Covered contém versões para clássicos do Eurythmics, Radiohead (Creep na voz da Macy é incrível), Kanye West e Colbie Caillat. Uma mistura de ritmos e músicas que ganham uma repaginada e a voz maravilhosa e incrível da Macy.

Vários artistas – Nina Revisited: A tribute to nina simone

Em 2015 era lançado pelo Netflix o documentário What’s Happened, Nina Simone?

Um documentário que todos deveriam ver, mas o destaque aqui fica por conta de sua trilha sonora. Ms. Lauryn Hill (quem não tem saudades dela?) assinou a produção do álbum e a produção executiva.

Convidou Jazmine Sullivan, Mary J. Blige, Usher, Lisa Simone, Common, Grace, Gregory Potter e Alice Smith para gravar novas versões de clássicos da lenda Nina Simone. Alguns outros elas mesma se encarregou de gravar, resultando assim em um trabalho impecável.

spotify:album:71ShNGI2uUKZnCBOITSjRL