De SP, Liniker!

Hoje em dia existem tantas expressões artísticas que se torna difícil algo/alguém conseguir fisgar nossa atenção. Mas antes de eu falar sobre o próximo artista, quero que vocês vejam, escutem, e se insPIREM com esse video:

Dispensa qualquer comentário, né? Mas vou falar um pouco – só um pouquinho – dele pra vocês…

O moço em questão é o Liniker  de Barros Ferreira Campos (20), araraquense, fruto de uma família de músicos, o que inspirou ele em suas composições.

“Os meus tios sempre compuseram músicas que falavam de amor e eu sempre adorei. Logo passei a escrever as várias formas que enxergo este sentimento.” – conta Liniker

O resultado veio em forma de guitarra funkeada, baixo, bateria e sopros, que deram vida à um EP de composições autorais e uma black music inspiradora até o último acorde.

Mais um pouquinho? SIM!

O material tem apenas três músicas,.e pode ser baixado aqui.

“Estar em um estúdio é sempre algo mais lento e refinado, porém as músicas explodiam, a vontade de ganhar o palco era muito grande. Resolvemos então fazer um registro de como seriam as canções no show, e a ideia de unir áudio e vídeo veio junto com tudo isso”, explica Liniker.

O cantor, está apostando na força do cenário independente pra cair na estrada, por isso, o cantor e sua produtora estão estudando uma possível turnê de divulgação do EP “Cru“.

E todo o trabalho do cantor, vai além da música, vocês devem ter notado o espetáculo cênico nos videos que foram postados. Pois, ele estuda teatro, já estudou dança e sapateado.

“Como diria a Nina Simone, ‘não dá pra ser um artista e não pensar a sua época’. É preciso estar aberto para receber todas essas informações que nos atravessam todos os dias, eu sinto que o meu corpo precisa ser uma porta pra tudo isso que vem. Tô aberto, que seja como tiver que ser, é tudo trabalho”, finaliza.