O Frou Frou da Bárbara Eugenia!

Já falamos sobre as meninas da nova MPB aqui, mas sabemos que há várias outras nessa roda. Entre as que “escaparam”, está a carioca, agora paulista, Bárbara Eugenia, que acaba de lançar seu – pasmem – terceiro trabalho solo, Frou Frou.

Folder-750x696

 

A Bárbara está comendo pelas beiradas dentro do mercado fonográfico nacional, e a beirada parece estar bem gostosa! Já rolou participação em trilha sonora de filmes, rolou projeto com Edgard Scandurra, Arnaldo Antunes, e outros, dividiu palco com Marina Lima no antigo e memorável VMB. E olha, já cantarolou Los Hermanos em coletânea por aí…

 

 

Mas estamos aqui pra falar dele…. Frou Frou!

 

 

O disco foi produzido por ela mesma, e por seu parceiro Clayton Martin. E traz um misto de sentimentos e melodias que lembram canções produzidas pelo antigo Roberto Carlos.

É angustiante! As treze faixas do álbum descem goela abaixo como uma dose de cachaça muito forte, tomada pra esquecer/curar/viver/gritar/chorar algum amor!

“Acontece que não sei viver à margem. Prefiro ser assim – amando, sofrendo, gozando a vida de verdade” – canta ela.

_MG_7198T

 

Besta abre o álbum de forma espetacular, poderosa e radiofônica!

“E quanto mais eu me aproximo, mais colada eu to
Vidrada no teu sorriso
Com a cara de besta que sou
Preste atenção no que eu digo
Você me marcou com unhas e dentes
E sangue
Eu lhe tenho amor.”

Colocando pra fora tudo o que ficou entalado, a Bárbara segue nos nocauteando em suas rimas doces e envenenadas. Quem a quer na cama? Cuidado!

_MG_7190T

“Eu só saio dessa cama
Quando você me disser
Decidida
Que me ama.” – ela solta na faixa cama

 

 

Ontem no Sesc Belenzinho!! Viva a liberdade!!! #froufroutour

A post shared by Bárbara Eugenia (@barbaraeu) on

 

Em meio a um show de divulgação do álbum, a cantora e seus músicos fizeram um protesto em forma de uma performance, em nome do amor. Como? Ficaram completamente nus!!

“O Brasil tem essa cultura terrível, de ver o corpo como algo vulgar. A performance foi um chamado para que as pessoas enxerguem de outra forma”, explica.

E se vocês não viram, terão a oportunidade de ver as fotos aqui, e só fotos, pois a cantora já avisou que não fará isso em outras apresentações. #pena

+18

 

E com a atormentadora Frou Frou, Eugenia encerra o álbum. Querem ouvir mais dela? Ela deu o recado, confira: