Os Dez Piores Álbuns Nacionais

A música brasileira tem muita coisa boa. Mas tem muita coisa boa MESMO.

Nomes ainda desconhecidos, nomes famosos, talentos que não se medem. Que nos agraciam com trabalhos impecáveis.

Mas como não haveria deixar de ser, temos também a parte ruim.
Cantores, músicas, álbuns que nos fazem perguntar: O que é preciso afinal para fazer sucesso?

Abordaremos aqui uma lista com os dez piores álbuns nacionais de todos os tempos. Pode ser que para você algum deles seja ótimo, mas para maioria…

10 –  simone – 25 de dezembro

tumblr_mflldbpBvd1qm14qyo1_1280

“Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, o amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem”

Que Simone é uma das principais cantoras desse país, todo mundo sabe (ou deveria saber). Dona de uma longa carreira de respeito e dedicação, ela infelizmente criou um símbolo: O álbum 25 de Dezembro.

Algo inédito para época, Simone teve a ideia de ir ao estúdio e gravar versões em português de canções natalinas, inaugurando assim o segmento no país. O que Simone não previa é que a principal canção do álbum Então é Natal se tornaria uma das coisas mais chatas que temos hoje na música brasileira.

O álbum em si virou uma coletânea cansativa, de gosto duvidoso.

09 – leonardo e eduardo costa – cabaré

Cabaré_Leonardo_e_Eduardo_Costa

Aqui mais uma boa (e ótima) intenção: fazer releituras de grandes músicas.

Mas a parte boa para aí mesmo. Leonardo que vê sua carreira e principalmente em total decadência se juntou ao amigo e também cantor Eduardo Costa para gravarem um trabalho temático: reunir maiores clássicos tocados em cabarés.

A intenção como disse, é boa. Mas o que estraga são os nomes a frente do trabalho. Leonardo não sustenta mais um show há tempos e Eduardo Costa é um nome do cenário atual que dispensa qualquer tipo de elogio ou tentativa de enaltecer sua carreira.

08 – cowboys espirituais – cowboys espirituais

https://i2.wp.com/mlb-s2-p.mlstatic.com/cd-cowboys-espirituais-cowboys-espirituais-825001-MLB20252796864_022015-O.jpg?w=980

E aí um que um grupo musical resolve misturar em sua música dois estilos distintos, o rock e o country.

Tá que Elvis Presley transitava entre os estilos como ninguém e ninguém deveria ousar a tentar fazer o mesmo, porque muito provavelmente não daria certo.

A banda de Porto Alegre, fez isso e o resultado é uma lista de músicas vazias e sem sentido algum. A tentativa em fazer algo novo é louvável, mas a consequência, no caso da banda,  foi terrível.

07 – latino – James Bon de Cama

É difícil de acreditar, de aceitar que Latino já foi um dos maiores nomes da música pop no Brasil. Isso porque seu jeito todo despojado e músicas que misturavam o pop, o funk e o hip hop tomavam conta das rádios e afins.

Experimentou esse sucesso gigantesco e também experimentou o fracasso. Caiu no esquecimento por um período e voltou com a horrenda Festa no Apê (sua versão abrasileirada do sucesso romeno Dragostea Din Tei do O-Zone) em 2004.

Mas aqui escolhemos como o pior de sua carreira (difícil, né?) seu último disco, James Bond Cama. O próprio se chama como “O maior show man do Brasil” na capa (e que capa de mau gosto, não?), seu primeiro single se chamava Chama o Batman.

Enfim, um trabalho só com músicas de completo mau gosto e completa falta de criatividade e talento. É tudo ruim!

06 – naldo benny – multishow ao vivo naldo benny

https://i0.wp.com/upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/a/ab/Multishow_ao_Vivo_Naldo_Benny.jpg?w=980&ssl=1

Naldo Benny assim como Latino, faz a gente se perguntar do porquê fazerem tanto sucesso.

A vantagem que Latino tem sobre Naldo é sua história, sua carreira. Naldo não tem nem isso. Teve sorte de ter uma música bem tocada, a horripilante Amor de Chocolate. E de lá pra cá coleciona músicas completamente ruins, e só.

Escolhemos aqui seu especial Ao Vivo no Multishow, por reunir digamos assim, o melhor da carreira do astro.

05 – é o tchan – funk do tchan

https://musicainspira.files.wordpress.com/2015/11/cdec5-capa.jpg?w=980

É o Tchan hoje, é um ícone da música escrachada e talvez do brega. Tem seus êxitos, e seus sucessos merecidos em uma época remota.

Todos dançavam com eles. Era o grupo que dominava as festas pelo país (sim, reconheçamos que já tivemos mau gosto). Tudo ia bem, de vento em popa até que eles decidiram se “reinventar”.

Em 2001 com a explosão do Furacão 2000, o grupo decidiu aderir a tendência e bem… uma das piores coisas que já tivemos de ouvir.
Para se terem uma ideia, os dançarinos (na época Sheila Mello, Scheila Carvalho e Jacaré) gravaram suas versões para alguns funks (sim, eles CANTARAM).

04 – roberto justus – só entre nós

Só_Entre_Nós

Roberto Justus é um dos principais empresários deste país. Antes ele se contentasse só com isso. Mas não, o cara se aventurou em ser apresentador (que parcialmente tem dado certo) e tentou ser cantor (sic).

Em 2008 ele decidiu se aventurar na carreira de cantor e lançou o Só Entre Nós.

Talvez ele tenha achado que por ter uma nota alta em um karokê da vida fosse alguma garantia para gravar um álbum, mas não se sabe o que tenha passado na cabeça de Justus.

03 – ana maria braga – sou eu

https://i2.wp.com/img2-ak.lst.fm/i/u/300x300/fa6c3f40cada4bb1897af287fa823ca9.jpg?w=980

Que Ana Maria Braga é uma ótima apresentadora, isso não é novidade para ninguém afinal são décadas de carreira.

Mas assim como Roberto Justus, achou que poderia simplesmente virar cantora por um cd e assim lançava o Sou Eu em 2003. E bem, um álbum pra cair no esquecimento de todos, inclusive da própria.

02 – suzana vieira – brasil encena

https://i0.wp.com/upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/4/43/Capa_de_Brasil_Encena.jpg?w=980&ssl=1

A diva mor deste país. Aquela que é tão forte quanto Deus. Aquela que é amada por 7 milhões de brasileiros. Também comete erros!

No fim de 2010 aceitou um convite de um produtor musical para entrar em estúdio e regravar clássicos de temas de novelas, e bem… precisamos dizer mais alguma coisa?

01 – tiazinha – faz a festa

https://i2.wp.com/upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/6/63/Capa_Tiazinha_faz_a_festa.jpg?w=980&ssl=1

Você pode nem saber quem é a moça (se tiver menos de 16 anos), mas tiazinha foi um personagem sustentado pela atriz Suzana Alves.

A personagem foi criada para o programa H grande sucesso no fim da década de 1990 sob o comando do até então iniciante Luciano Huck. A personagem ganhou vida além do programa, virou um fenômeno fora dela e desejo de 99% dos homens deste país.

A Sony então achou que ela também poderia lhe render dinheiro. Contratou a moça para gravar um álbum e assim criou a pior coisa que já ouvimos na música deste país!

Se quiser tentar a sorte:

  • Marcos

    Adorei a lista, claro que faltou uma montanha de exemplos mas só esses já bastam porque né ? Kk ótima lista e ótimo site, também louco por música.

    • Evandro Melo

      Obrigado pelo comentário Marcos. Nos visite sempre!!!
      E é bem isso mesmo hahah
      Muitos e muitos ficaram de fora mas só esses já são difíceis de escolher (e de ouvir também).