Troye Sivan e Sua Grande Estreia

A estreia de Troye Sivan no cenário musical foi algo muito bem construído e planejado.

Em 2014 ele lançava o maravilhoso EP Trxye e a esperança que para que virasse um possível álbum foi se perdendo com o tempo e logo descartada. Esse ano ele anunciou que estava em trabalhos para seu primeiro álbum, dando origem assim, ao seu segundo EP, o Wild.
Fizemos uma review sobre o Wild aqui. As seis primeiras faixas de seu novo álbum, o Blue Neighbourhood são as mesmas contidas no Wild.

Sendo assim, vamos pular logo para a sétima faixa, Talk Me Down.

Talk Me Down se tornou a terceira parte de Blue Neighbourhood, trilogia de videoclipes (que posteriormente se tornou um curta metragem) e primeiro single do álbum.

Impossível não ouvir essa canção e não ter aquele sentimento de melancolia depois de vermos seu vídeo. Um apelo para que seu amor apenas esteja ao seu lado e lhe acalme. Sentimento simples e puro…

A canção seguinte é Cool.
E que canção gostosa de se ouvir. Leve, de produção muito bem feita e se adapta facilmente aos arranjos vocais de Troye.

Partimos então para Heaven, uma reflexão. Sua letra profunda e sincera também nos faz pensar. Damos seguimento com Youth. Canção com cara de hit, não é a toa que foi escolhida como próximo single. Nos remete muito o que Troye apresentou em Trxye.

Lost Boy apresenta uma roupagem mais eletrônica. Os vocais de Troye foram mais trabalhados aqui, casando muito bem com a produção da canção. Outra que pode virar um bom hit!

for him. é a mais diferente de toda o álbum, é uma ótima canção, mas para por aí. Chegamos a Suburbia, mais do mesmo se tratando de sua produção, mas é nas letras, nas composições que Troye nos ganha nesse álbum. E aqui não é diferente.

Como já dito, Troye Sivan nos ganha com suas letras honestas e quase sempre diretas. Por mais que a produção do álbum não tenha variado muito, é nas composições que “conhecemos” de fato Troye Sivan.

De uma forma ou outra o cantor nos passa seus sentimentos, a todo momento “vemos” Troye Sivan tomando suas formas, chegando a sua marca. Ele é sincero com suas canções e consigo mesmo.

Nota: 85/100

Há ainda faixas que serão lançadas em versões Deluxes (uma delas comercializada exclusivamente pela Target): Too Good, Blue e Swimming Pools, além de uma versão remix de Wild e uma acústica de My Happy Little Pill.

Tagged with: