Quando o rock é realmente inspirador!

Falar sobre o Chorão e sua trupe – Charlie Brown Jr. –  como inspiração é uma missão tão fácil que se torna difícil. O cara saiu inspirando toda uma geração com suas letras convincentes, que na maioria das vezes traziam uma mensagem super positiva, diferente da maioria das músicas que embalam o rock ‘n’ roll.

O cantor levou o skate para os holofotes quando estourou no cenário musical, e trouxe uma conjuntura musical invejável. Qual o moleque daquela geração que não tem uma boa lembrança com uma música deles?

Advindo de família humilde, Chorão teve que ralar desde os 12 anos para sustentar a família. Mas engana-se quem pensa que ele foi um santo, pelo contrário, ele não concluiu os estudos e teve problemas com polícia durante sua juventude.

Amante da música e tendo como inspirações as bandas Red Hot Chilli Peppers, Nirvana, Raimundos, Nação Zumbi e Planet Hemp, ele montou a  Charlie Brown Jr., e numa rápida ascensão os meninos conheceram o estrelato e ganharam dois prêmios do Grammy Latino. Foram dez álbuns e mais de 5 milhões de discos vendidos.

Mas em 2005, o desgaste das turnês e morte do pai do Chorão culminou em crise pessoal, o que acabou afetando o relacionamento entre os integrantes do grupo. Com isso, Chorão entregou-se às drogas e engordou mais de 20kg, apesar de ter dado sequência aos trabalhos da banda, mas com outros integrantes.

Já em 2011, o vocalista resolveu suas diferenças com os integrantes iniciais e a banda voltou com formação original, mas ele carregava consigo problemas mais sérios, que acarretaram um fim do relacionamento de 15 anos com a estilista Graziela Gonçalves e, em seguida, sua morte.

Chorão foi encontrado morto em seu apartamento, que estava todo destruído, no dia 06 de março de 2013. No laudo médico e exame toxicológico, constatou-se uma overdose de cocaína.

É, Chorão, é bom saber que o barulho do rock serve pra chamar atenção, no seu caso, pro tanto de amor que você nos deu em cada verso, em cada mensagem. O final foi trágico, mas ficou aqui na terra uma obra que permanecerá em nossas memórias enquanto pudermos escutá-la. Um dia todos nós esperamos te reencontrar numa bem melhor, cada um em seu caminho. E saberemos como é bom ter por que se orgulhar, e que a vida pode passar, pois não estamos sozinhos. E o melhor, enquanto houver fé, sonharemos…

 

Livres pra poder sorrir, sim. Livres pra poder buscar o nosso lugar ao sol.