Jorja Smith, o nome da música britânica para 2018

Jorja Smith - Brits 2018

Jorja Smith, uma cantora inglesa que mistura soul, r&b, grime e jazz, é o nome que você deve prestar atenção e eu te conto o porquê!

Felizmente participamos de um momento da história da humanidade que nenhuma geração do passado teve a oportunidade: a da globalização feroz. A internet tem nos ajudado de tantas e tantas formas que já não há mais espaço para vivermos sem ela, não é? O que seria de nós?

Uma das coisas mais legais da internet é abrir possibilidades sem precedentes, principalmente no mercado da música. Afinal, por meio dela, temos acesso a uma quantidade quase infinita de novas músicas, novos artistas… eles pipocam por todas as partes, atendendo aos mais diversos gostos… e a gente aqui do Música Inspira quer justamente te apresentar o que tem rolado de novo no mundo musical. Bora?

JORJA SMITH, o som de 2018

Ela já não é mais uma novata no mundo da música, apesar de ainda não ter lançado o seu disco de estreia. Jorja Smith já está vagando pela indústria já faz algum tempo. Ano passado, por exemplo, foi indicada pela BBC como um dos nomes que deveríamos prestar atenção. Dito e feito: agora foi a vez dos críticos, do Brit Awards – a maior premiação musical da Inglaterra – a eleger a moça como a grande aposta da música britânica para 2018.

Vale lembrar que o Critic’s Choice, do Brit Awards, é uma plataforma que coloca o artista escolhido numa espécie de pedestal que praticamente garante o sucesso. É só relembrar os nomes que foram premiados nos anos anteriores para entender a magnitude de ter sido nomeada a estrela de 2018. Entre os eleitos anteriormente temos Sam Smith, Rag’N’Bone Man e, até mesmo, Adele. Precisa mais?

Quando me referi, agora a pouco, que Jorja Smith já não é mais uma novata na música, isso se deve ao seu amor e envolvimento pela coisa. Ela já é habitué dos palcos desde os oito anos de idade, seja em apresentações em sua cidade nata no interior da Inglaterra, na escola e na igreja. Seu lado compositora começou aflorar aos onze anos. Sua biografia aponta que entre sua pré e adolescência, Jorja teria composto aproximadamente 70 canções. Já tem material de sobra aí para muitos álbuns e lados-b, hein? Vale pontuar que as composições de Jorja não são autobiográficas. Em entrevista à revista The Fader a cantora afirmou que prefere “contar a história de outras pessoas“.

As coisas realmente começaram a acontecer quando um amigo da cantora gravou Jorja cantando o hit Too Close, do cantor Alex Clare. Na época, com quinze anos, ela já começou a chamar a atenção e foi até contatada por alguns selos musicais. Era o primeiro e grande passo que precisava ser dado.

No início de 2016 Jorja Smith lançou o seu primeiro single, a faixa Blue Lights e, em novembro, o seu primeiro EP Project 11. Aí veio o que mencionamos lá no início do texto: o nome na lista do Sound of 2017, da BBC e, agora, o Critic’s Choice, do Brit Awards.

O nome já está sob os holofotes… que venha o álbum de estreia, que venham os hits! Talento, ela tem de sobra!

JORJA SMITH E SEU ESTILO ENCANTADOR

A música corre nas veias de Jorja Smith desde muito cedo. Além do seu envolvimento precoce com o mundo musical, Jorja tem um professor dentro da própria casa: seu pai. O cara, nascido na Jamaica e criado na Inglaterra, foi líder de uma banda de neosoul, o que ajudou e muito a definir o gosto pessoal e o caminho a ser trilhado pela cantora.

Em família o que mais se ouvia era reggae, rock e soul. Mas a jovem de 20 anos também desenvolveu seu gosto com muito funk, house e dubstep, trazendo bastante influências urbanas para o som que tem feito, misturando também grime e muitas gírias faladas nas ruas londrinas, cidade que Jorja adotou em 2015 para se dedicar exclusivamente a sua carreira. Haja vista o seu novo single Let Me Down, que traz a participação especialíssima do talentoso Stormzy. (vídeo no início do texto).

Outro que caiu de amores pelo estilo encantador de Jorja foi o canadense Drake.  O rapper convidou a cantora para abrir alguns de seus shows e ainda contou com a participação da moça na faixa Get it Together, que faz parte do seu mais recente disco More Life, lançado em 2017.

Que tal conferir algumas das melhores músicas já lançadas pela Jorja? Dá o play:

Tagged with: